The Chaos Report.

Em 1994, uma pesquisa denominada The Chaos Report foi realizada pelo Standish Group para identificar os motivos que levam um projeto de software ao fracasso. Essa pesquisa teve início baseado na comparação entre a construção de pontes e a criação de softwares, pontes geralmente são entregues no prazo, dentro do custo e sem falhas. Em contrapartida é muito comum que projetos de software sejam abortados, que ultrapassem o custo planejado ou que sejam finalizados com funcionalidades reduzidas. Baseado nessa comparação, foi identificado que o processo de construção de pontes progrediu devido ao fato de que quando uma ponte cai, uma investigação é iniciada, relatórios são escritos e as causas reveladas e divulgadas, diferentemente do que acontece quando um projeto de software fracassa.

A pesquisa realizada pelo Standish Group foi realizada em conjunto com 365 empresas responsáveis pelo desenvolvimento de 8380 projetos de software, essas empresas foram separadas em grandes (lucros acima de 500 milhões de dólares por ano), medias (lucros entre 200 e 500 milhões de dólares por ano) e pequenas(lucros entre 100 e 200 milhões de dólares por ano). Esse trabalho identificou que uma das maiores causas dos custos acima do esperado e perda do prazo de entrega foram os restarts, de cada 100, 94 foram reiniciados para tentar corrigir falhas dos mais diversos tipos.

Em média, os valores ultrapassaram em 189% os valores estimados inicialmente, para as grandes empresas esse valor ficou em 178%, para as médias 182% e 214% para as pequenas. Com relação ao tempo, no geral os projetos demoraram 222% a mais do que o esperado para serem entregues, 230% além do previsto para as grandes empresas, 202% para as médias e 239% para as pequenas. As features também não ficaram de fora, mesmo pagando e esperando mais do que o previsto somente 42% das funcionalidades foram entregues para as grandes empresas, 65% para as médias e 74% para as pequenas.

O estudo identificou e pontuou os itens de maior relevância no que diz respeito ao sucesso ou o fracasso de um projeto. A conclusão em ordem de importância foi a seguinte:

  1. Envolvimento do usuário
  2. Suporte executivo
  3. Requisitos claros
  4. Planejamento adequado
  5. Expectativas realísticas
  6. Iterações pequenas (“growing” ao invés de “developing”)
  7. Competência do time
  8. Gerenciamento correto
  9. Visão clara dos objetivos
  10. Trabalho duro / Time focado

Allan de Queiroz

Allan de Queiroz
London based software engineer

XServer forward from Linux text mode for Headless purposes.

Hello, this post is about XServer forward from Linux text mode, **not ssh forward, anything related to VNC** or things like that.Recently...… Continue reading